A Intermediação de Maria Mãe dos Homens
para nos levar ao Cordeiro de Deus

'O ROSÁRIO É A VIDA DE CRISTO CONTEMPLADA COM O OLHAR DE MARIA'
"
Maria é aquela que nos acompanha na escuridão da noite até o clarear do novo dia”

  O Primeiro - o número 1  na Internet.- clique aqui
 Criado em 30 de março de 2005

Não confundir o site do Terço dos Homens : www.tercodoshomens.com.br
com o
www.tercodoshomens.org.br que é o mesmo 
www.tercodoshomensmaerainha.org.br

Este site apresenta, com exclusividade, o Terço dos Homens rezado nas suas origens pelo primeiro tesoureiro,  
um dos fundadores do grupo. Sr. Manoel Pedral, falecido à mais de 40 anos -
ouçam


83 ANOS DE GRAÇAS E BÊNÇÃOS no Brasil e no mundo

"Vimos a Estrela"

PÁGINA INICIAL

                                                           Pe. Geraldo Della Costa
05/01/20

O tempo de Natal é a uma caminhada à procura de Jesus.
Com a festa da Epifania, que hoje celebramos, concluímos esse tempo, lembrando a procura e o encontro de Jesus pelos Magos, que representam todos os povos e nações.

A palavra "Epifania" significa: manifestação de Deus aos homens.

A Liturgia desse domingo leva-nos à manifestação de Jesus.
Ele é uma "Luz", que se acende na noite do mundo e ilumina os caminhos dos homens, conduzindo-os ao encontro da Salvação.

A 1ª Leitura anuncia a chegada da Luz salvadora do Senhor, que transfigurará Jerusalém e atrairá a ela povos de todo o mundo. (Is. 60, 1-6)

* Esta Jerusalém nova representa a Igreja, comunidade dos que aderiram a Jesus e acolheram a Luz salvadora que ele veio trazer.

A 2ª Leitura apresenta o projeto salvador de Deus, como uma realidade que vai atingir toda a humanidade, juntando judeus e pagãos, numa mesma comunidade de irmãos, a comunidade de Jesus. (Ef. 3, 2-3a. 5-6)

No Evangelho vemos a concretização da promessa da 1ª leitura. (Mt. 2, 1-12)

Guiados pela Luz da Estrela, os Magos procuram com esperança o Messias até encontrar, reconhecem nele a "Salvação de Deus" e o aceitam como "Senhor".
"Salvação" rejeitada pelo seu povo e agora oferecida a todos os povos.

+ A narrativa, exclusiva de Mateus, tornou-se muito conhecida e popular...

No entanto, não é uma reportagem jornalística, mas uma Catequese sobre Jesus e sua Missão.

- A Estrela, inventada por Mateus, não é um astro no céu, mas a pessoa de Jesus. Ele é a "Luz" anunciada pelos profetas.
- Os Magos representam os povos estrangeiros, que vão ao encontro de Jesus e se deixam guiar pela sua mensagem de paz e de amor.
 
São imagem da Igreja, formada de todos os povos que aderem a Jesus e o reconhecem como o seu "Senhor".

- Intenção de Mateus era apresentar Jesus como o novo Moisés... o ungido de Deus, recusado pelos judeus e aceito pelos pagãos, que formarão o novo Israel, o novo povo de Deus: a Igreja.

+ Atitudes diante dessa estrela:

- Adoração: os Magos viram a "estrela", deixaram tudo e puseram-se a caminho para descobrir Jesus e adorá-lo.

Os Magos representam todos os povos não judeus, agora associados à História da Salvação.
 
- Indiferença: os Sacerdotes o conheciam bem nas Escrituras.
 
Sabiam até o lugar onde deveria nascer, mas não perceberam o sinal de sua chegada, nem se preocuparam de ir ao seu encontro.
Estavam muito seguros de sua sabedoria... e por isso não tiveram a alegria de encontrar e adorar o Salvador.

- Rejeição: Herodes tentou até apagar esta Luz.

Simboliza os grandes desse mundo, que temem a sua chegada.
Poderia roubar-lhe o trono.

+ Todos viram a mesma realidade: um menino recém-nascido, mas as opções foram e são diferentes...

Com quem nos assemelhamos?

- Com os Magos, atentos aos sinais, capazes de ler os acontecimentos de nossa vida e a história do mundo à luz de Deus?
- Com os Sacerdotes, orgulhosos de seu saber, mas acomodados?
- Com Herodes, que procura matar o menino?

Um caminho a seguir à procura de Deus... o itinerário seguido pelos magos reflete o processo que os pagãos seguiram para encontrar Jesus:

- Estão atentos aos sinais (estrela),
- percebem que Jesus traz a Salvação,
- põem-se a caminho para o encontrar...
- perguntam aos judeus, que conhecem as Escrituras, o que fazer, - encontram Jesus e o adoram; oferecem "seus tesouros" (seu coração) e voltam por outro "Caminho", oposto aos interesses de Herodes.

* Nesse relato, descobrimos as etapas do nosso caminho à procura de Jesus:

- Sensibilidade em distinguir os sinais de Deus…
- Generosidade em aceitar o convite: "viram a estrela e vieram adorá-lo".
- Eles não perderam a esperança na incompreensão dos contemporâneos… nem diante das dificuldades da longa caminhada… da ignorância e maldade de Herodes… ou ambiente rústico em que encontraram o menino, Rei dos judeus.

Se olharmos o mundo e os homens com os olhos da fé… tudo será uma manifestação e presença de Deus… uma perene Epifania...

+ Os magos não se apresentaram de mãos vazias…

Ofereceram o que tinham de melhor... E nós, o que temos a oferecer?
Um pouco de nosso tempo, fidelidade da nossa fé, perdão, justiça, honestidade, fraternidade?...

 O Terço (Rosário) dos Homens não exige nada e não cobra nada da vida pessoal dos seus participantes, o que faz com que seus membros se sintam livres, e a liberdade dá ao homem o poder de ser aquilo que ele deseja ser, daí as transformações se sucederem de modo espontâneo causado pelo contato que os mesmos passam a ter com Deus por intercessão de Maria.