'

A Intermediação de Maria Mãe dos Homens
para nos levar ao Cordeiro de Deus

'O ROSÁRIO É A VIDA DE CRISTO CONTEMPLADA COM O OLHAR DE MARIA'
"
Maria é aquela que nos acompanha na escuridão da noite até o clarear do novo dia”

O Primeiro - o número 1  na Internet.- clique aqui
                                                   Criado em 30 de março de 2005

 

Não confundir o site do Terço dos Homens : www.tercodoshomens.com.br
com o
www.tercodoshomens.org.br que é o mesmo 
www.tercodoshomensmaerainha.org.br

Este site apresenta, com exclusividade, o Terço dos Homens rezado nas suas origens pelo primeiro tesoureiro,  
um dos fundadores do grupo. Sr. Manoel Pedral, falecido à mais de 40 anos -
ouçam


81 ANOS DE GRAÇAS E BÊNÇÃOS no Brasil e no mundo

LITURGIA DIÁRIA

PÁGINA INICIAL

Liturgia Diária - do site: do www.cnbb.org.br - Santos(as) do dia: www.cancaonova.org.br
24/04/18 - Terça-feira - da Quarta Semana da Páscoa - branca - se após as Leituras desejar rezar o Terço (Rosário) reze os Mistérios Dolorosos - clique
Oração da Manhã
Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Senhor, no início deste dia venho, em primeiro, te agradecer por todas as graças que haveis me dispensado,
peço, também, Senhor, saúde e força para trabalhar por Ti, paz para o mundo e sabedoria para com todos, pois
quero olhar o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente;
ver, além das aparências, teus filhos como tu mesmo os vês, e assim não ver senão o bem em cada um.
Cerra meus ouvidos a toda calúnia e guarda minha língua de toda maldade.
Que só de bênçãos se encha meu espírito.
Que eu seja tão bondoso e alegre, que todos que se achegarem a mim, sintam tua presença.
Senhor, reveste-me de tua beleza, e que, no decurso deste dia, eu te revele a todos.

Amém.
Introdução
Espírito Santo, Tu que nos esclareces em tudo e que iluminas os nossos caminhos para alcançarmos os nossos ideais.
Tu que tens o dom divino de perdoar os erros que cometemos, os que ainda iremos cometer e esquecermos o mal que nos fazem.
Queremos Te agradecer por tudo e pedir que aumentes cada vez mais a nossa fé, para que não nos afastemos de Ti, por maiores que sejam as ilusões materiais.
Queremos Te agradecer pela misericórdia que Tens para conosco, nossos entes queridos, nossos amigos e os que convivem conosco.
E finalmente Te pedimos sabedoria e condições necessárias para que os nossos dias sejam dedicados a Ti, a Deus Pai, ao Teu Filho Jesus Cristo e ao
Terço dos Homens por intermédio do Coração Imaculado de Maria Santíssima, nossa mãe.


Amém.
Ritos iniciais
- Nas mãos do Pai estamos nós e a vida da Igreja. Em épocas de perseguição, ela fortalece seu espírito missionários e assim se torna mais viva e comprometida com o projeto de Jesus.
Antífona da entrada
- Alegremo-nos, exultemos e demos glória a Deus, porque o Senhor todo-poderoso tomou posse do seu reino, aleluia! (Ap. 19, 76).
Ato Penitencial
- Meu Deus, eu me arrependo, de todo coração por todos meus pecados e os detesto, porque pecando, não só mereci as penas que justamente estabelecestes, mas principalmente por vos ofender pois sois sumo bem e digno de ser amado sobre todas as coisas, por isso, proponho firmemente, com a vossa ajuda, não mais pecar e fugir das ocasiões que me levem ao mesmo.
- Ó Deus de poder e misericórdia, que concedeis a vossos filhos(as) a graça de vos servir como devem, fazei que corramos livremente ao encontro das vossas promessas.
- Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. Amém.
- Senhor, tende piedade de nós! Cristo, tende piedade de nós! Senhor, tende piedade de nós!
Oração do dia
- Concedei, ó Deus todo-poderoso, que, celebrando a mistério da ressurreição do Senhor, possamos acolher com alegria a nossa redenção.
- Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
 
Liturgia da Palavra - Deus nos fala
- A Palavra de Deus forma comunhão entre as pessoas e povos que a colhem, assim como Jesus forma unidade de amor e de vida com o Pai.
Primeira Leitura: Atos 11, 19-26
Leitura dos Atos dos Apóstolos

Naqueles dias:
19aqueles que se haviam espalhado por causa da perseguição que se seguiu à morte de Estêvão, chegaram à Fenícia, à ilha de Chipre e à cidade de Antioquia, embora não pregassem a Palavra a ninguém que não fosse judeu.
20Contudo, alguns deles, habitantes de Chipre e da cidade de Cirene, chegaram a Antioquia e começaram a pregar também aos gregos, anunciando-lhes a Boa Nova do Senhor Jesus.
21E a mão do Senhor estava com eles. Muitas pessoas acreditaram no Evangelho e se converteram ao Senhor.
22A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia.
23Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração.
24É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor.
25Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo.
26Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos.

-
Palavra do Senhor
- Graças
a Deus
Responsório: Sl. 86, 1-3. 4-5.6-7 (R. Sl. 116, 1a)

R. Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes.

R. Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes.


1. O Senhor ama a cidade / que fundou no Monte santo; / ama as portas de Sião / mais que as casas de Jacó. / Dizem coisas gloriosas / da Cidade do Senhor. - R.

4. 'Lembro o Egito e Babilônia / entre os meus veneradores. / Na Filistéia ou em Tiro / ou no país da Etiópia, / este ou aquele ali nasceu. / De Sião, porém, se diz: / 'nasceu nela todo homem; / Deus é sua segurança'. - R.

6. Deus anota no seu livro, / onde inscreve os povos todos: / 'foi ali que estes nasceram'. / E por isso todos juntos / a cantar se alegrarão; / e, dançando, exclamarão: / 'estão em ti as nossas fontes'! - R.
Aclamação

- Aleluia, aleluia, aleluia.
- Minhas ovelhas escutam minha voz, eu as conheço e elas me seguem (Jo. 10, 27).

Evangelho: São João 10, 22-30
- O Senhor esteja convosco.
- Ele está no meio de nós.
- Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João
- Glória a vós, Senhor.
22Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno.
23Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão.
24Os judeus rodeavam-no e disseram: 'até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente'.
25Jesus respondeu: 'já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim;
26vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas.
27As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem.
28Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão.
29Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai.
30Eu e o Pai somos um'
.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor!
1ª Reflexão do site http://evangeli.net feita por:
 
2ª Reflexão do site Evangelho Cotidiano:
 
Preces dos fiéis
1. Concedei, ó Pai, aos Ministros da igreja se assemelharem sempre mais ao Bom Pastor,

As. Senhor, fonte de vida e salvação, ouvi-nos.

2. Dai às lideranças das comunidades ter sempre em Jesus o modelo de atuação,

3. Propiciai aos missionários a luz e a consolação da Palavra de Deus, 

4. Ajudai as famílias a viver como testemunhas autênticas do evangelho,

5. Livrai os fiéis da comunidade das intrigas e da discórdia, da ignorância e do erro a respeito da fé.


Intenções pessoais
Liturgia Eucarística
- Com o pão e o vinho, apresentamos ao Senhor o desejo de uma Igreja missionária, comprometida com o projeto do Reino.
Sobre as oferendas
- Concedei, ó Deus, que sempre nos alegremos por estes mistérios pascais, para que nos renovem constantemente e sejam fonte de eterna alegria.
- Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
Antífona da comunhão
- Era preciso que o Cristo padecesse e ressurgisse dos mortos para entrar na sua glória, aleluia! (Lc. 24, 46. 26).
Depois da comunhão
- Ouvi, ó Deus, as nossas preces, para que o intercâmbio de dons entre o céu e a terra, trazendo-nos a redenção, seja um auxílio para a vida presente e nos conquiste a alegria eterna.
- Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 O Terço (Rosário) dos Homens não exige nada e não cobra nada da vida pessoal dos seus participantes, o que faz com que seus membros se sintam livres, e a liberdade dá ao homem o poder de ser aquilo que ele deseja ser, daí as transformações se sucederem de modo espontâneo causado pelo contato que os mesmos passam a ter com Deus por intercessão de Maria.