A Intermediação de Maria Mãe dos Homens
para nos levar ao Cordeiro de Deus

'O ROSÁRIO É A VIDA DE CRISTO CONTEMPLADA COM O OLHAR DE MARIA'
"
Maria é aquela que nos acompanha na escuridão da noite até o clarear do novo dia”

O Primeiro - o número 1  na Internet.- clique aqui
                                                   Criado em 30 de março de 2005

 

Não confundir o site do Terço dos Homens : www.tercodoshomens.com.br
com o
www.tercodoshomens.org.br que é o mesmo 
www.tercodoshomensmaerainha.org.br

Este site apresenta, com exclusividade, o Terço dos Homens rezado nas suas origens pelo primeiro tesoureiro,  
um dos fundadores do grupo. Sr. Manoel Pedral, falecido à mais de 40 anos -
ouçam


81 ANOS DE GRAÇAS E BÊNÇÃOS no Brasil e no mundo

Minuto com Maria

PÁGINA INICIAL

Mensagens Diárias

7 de janeiro ─ França, Rumilly : Nossa Senhora da Caridade (1856)

                                                                   Façamos conhecer o Amor de Maria
 
Com nossa Mãezinha Maria, jamais estaremos sozinhos

“Digo-lhe que não tenho uma experiência extraordinária a compartilhar, com a nossa Mãe Maria. Simplesmente, como seu filho, entregue a Ela por meio do Filho de Deus, procuro viver meu dia a dia segurando a sua mão e sinto-me feliz em testemunhar esta alegria.

Consagro a ela a minha vida e a do Povo de Deus, diariamente. Nossa Mãezinha Maria conhece as fraquezas dos seus filhos, mas sabe, igualmente, que eles querem tornar-se melhores. No dia a dia ela vem em nosso socorro para nos ajudar a sermos melhores.
 
Ela é verdadeiramente o caminho mais curto para chegar a Jesus, seu divino Filho, que nos leva ao Pai. Com nossa Mãezinha Maria nunca estaremos sós, e temos sua bênção e proteção sendo Ela, a Mãe da Igreja."

Dom Luiz Carlos Eccel
Bispo emérito da diocese de Hunter (Brasil)

Entrevista para Une Minute avec Marie (Um Minuto com Maria)
Jornalista Thácio Siqueira

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

8 de janeiro ─ Estados Unidos, Nova Orleans: Nossa Sra do Pronto Socorro

                                                                      Façamos conhecer o Amor de Maria

A Virgem Maria, protetora de Nova Orleans

Nossa Senhora do Pronto Socorro é a Padroeira da cidade de Nova Orleans e do Estado de Louisiana, nos Estados Unidos. Trata-se de um santuário nacional. Sua festa, como padroeira, acontece no dia 8 de janeiro.
Entre todas as graças obtidas, uma se relaciona com um dos incêndios que ameaçavam a cidade com frequência. A Superiora do convento das Ursulinas da cidade havia ordenado a todos que deixassem o prédio com urgência. Porém, antes de partir, uma das Irmãs colocou uma pequena estátua de Maria, com Jesus, sobre uma janela que dava para o fogo que se aproximava, rezando a seguinte oração: “Nossa Senhora, nós só seremos salvos se vos apressardes em vir ao nosso socorro; senão, estaremos perdidos”! Em seguida, ela seguiu as outras Irmãs, visando a segurança. Em poucos minutos, o vento mudou de rumo e, em um curto espaço de tempo, o fogo perdeu o seu ardor, deixando o resto da cidade ileso (indemne?).
A segunda intervenção, bem conhecida, de Nossa Senhora do Pronto Socorro, se refere à batalha de Nova Orleans, que se deu em 8 de janeiro de 1815. Na noite de 7 de janeiro, os defensores da cidade, pouco equipados, foram atacados pelo grande exército britânico. Então, muitos cidadãos se juntaram às Irmãs Ursulinas, no convento, para uma vigília de oração na capela, implorando a intercessão de Nossa Senhora do Pronto Socorro. A Superiora prometeu a Nossa Senhora que se os defensores da cidade obtivessem a vitória, uma Missa de ação de graça seria cantada a cada ano.
Assim que a aurora irrompeu, foi realizada uma Missa com o mesmo objetivo. No momento da Comunhão, um ginete chegou, anunciando que os atacantes fugiram. A Missa foi encerrada com o canto do Te Deum. A vitória conquistada durante a famosa batalha de Nova Orleans e que pôs fim à guerra de 8 de janeiro de 1815, é atribuída à sua poderosa intercessão. Desde então, os habitantes celebram sua protetora celeste, neste dia, 8 de janeiro.

Site officiel : www.shrineofourladyofpromptsuccor.com/default.html

E também em:
Nouvelle-Orléans (Louisiane): Notre-Dame du Prompt Secours

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

9 de janeiro - Itália : Virgem da Anunciação (1490) - Paulina Jaricot (+ 1892)

                                                                       Façamos conhecer o Amor de Maria

“Maria, no Céu, nos ensina a virtude da espera”

“Maria aparece nos Evangelhos como uma mulher silenciosa, que, muitas vezes desconhece o que se passa à sua volta, mas medita tudo em seu coração. Maria é uma mulher que não se deprime face às incertezas da vida; nem uma mulher que protesta e se lamenta contra a sorte que muitas vezes se Lhe apresentava hostil.
Pelo contrário, é uma mulher que aceita a vida como vem, com os seus dias felizes, mas também com as suas tragédias, indicou o Santo Padre. O sucessor de Pedro disse que “as mães nunca desistem nem abandonam. As mães não traem”. No momento mais cruel, Ela sofria com o Filho. Ela simplesmente estava ali, ao seu lado.
Depois, em Pentecostes, no primeiro dia da Igreja, reencontramos Maria como Mãe da Confiança em meio àquela comunidade de discípulos tão frágeis: um deles havia negado o Mestre, muitos tinham fugido, todos tinham medo. Maria simplesmente estava lá no seu modo normal de ser, como se fosse algo natural: a Igreja primitiva, envolvida pela luz da Ressurreição, mas também pela incerteza e pelo medo dos primeiros passos a dar no mundo.
“Por isso, todos nós a amamos como Mãe. Não somos órfãos, todos temos uma mãe no céu”, disse ainda o Papa Francisco. Maria nos ensina a virtude da espera, mesmo quando tudo parece sem sentido, pois confia no mistério de Deus. “Nos momentos de dificuldade, que Maria possa sempre amparar os nossos passos, possa sempre dizer ao coração: levanta-te, olha para frente, para o horizonte, porque Ela é Mãe de esperança”.

Papa Francisco na catequese da audiência geral na Praça S. Pedro, indicando Maria com “Mãe da Confiança”
ZENIT – Cidade do Vaticano, 10 Maio 2017

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

10 de janeiro ─ Foligno, Itália: Nossa Sra. da Vigem Maria do Choro (1546)

                                                                          Façamos conhecer e amar Maria

Lionel Messi, fervoroso devoto de Nossa Senhora do Rosário, e a sua promessa à Virgem do Rosário

Durante entrevista, ao jornalista da Ty CSports, Martín Arevalo, na véspera de um amistoso preparatório para a Copa do Mundo, com uma simples promessa, o jogador Lionel Messi causou um alvoroço. O camisa 10 do Barcelona e da seleção argentina prometeu que, se a Argentina fosse campeã do mundo, na Rússia, em 2018, ele iria peregrinar a pé de sua casa, em Arroyo Seco, próxima a Rosário, até o santuário de San Nicolás de Los Arroyos (Província de Buenos Aires), visando honrar e agradecer à Virgem Maria que é celebrada como Nossa Senhora do Rosário, desde 1893, após as aparições a Maria a Gladys Herminia Quiroga de Motta e milagres ocorridos. As romarias a pé, a cavalo ou de carro a partir de vários pontos fizeram de San Nicolás um dos centros de peregrinação mais concorridos da Argentina, principalmente durante a festa da Virgem do Rosário, em 25 de setembro.
 
A final do Mundial da Rússia será disputada no dia 15 de julho de 2018. Será que em setembro do ano que vem Messi estará na casa da Virgem? Se Lionel Messi ganhar a Copa do mundo com sua equipe argentina, ele fará, então mais de 70 quilômetros de caminhada até chegar a Maria.

Fonte: Esteban Pittaro em 21 de Nov. 21, 2017

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.
12 de janeiro ─ Itália: Nossa Senhora de Vetrana ─ Santo Aelred de Rievaulx

                                                                        Façamos conhecer e amar Maria

Esta oração é uma mina de ouro!

Milhões de católicos rezam frequentemente a Ave-Maria. Às vezes depressa demais, sem sequer pensarem nas palavras que estão dizendo. No entanto, esta oração é uma mina de ouro da qual podemos sempre extrair o bem; e ela nunca se esgota.
São Bernardo e muitos outros santos enfatizaram que Maria jamais se recusou a ouvir as orações dos seus filhos na terra. Por que, às vezes, não abraçamos estas verdades consoladoras? Por que recusamos o amor e a consolação que a doce Mãe de Deus nos oferece?
Hugh Lammer foi um dedicado protestante que pregava, com violência, contra a Igreja católica. Um dia, ele encontrou uma explicação da Ave-Maria e ficou tão encantado que começou a rezá-la diariamente. Toda a sua animosidade anticatólica foi desaparecendo, a partir de então. Ele não apenas se converteu: tornou-se padre e professor de Teologia em Breslau (Wroclaw, em alemão, Breslau, cidade da Silésia, na Polônia).
Contam-se vários e vários relatos semelhantes a este: um sacerdote está ao lado de cama de um homem que estava morrendo em desespero por causa de seus pecados e de sua falta de fé. O homem se recusou a confessar-se. Como último recurso, o sacerdote o ajudou a rezar, pelo menos, uma Ave-Maria. Pouco depois, o pobre homem fez uma confissão sincera e faleceu na graça de Deus.

Aleteia, O Poder da Ave Maria, Segunda-Feira 4 Dezembro de 2016

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.
14 de janeiro ─ Itália, Roma : Nossa Senhora da Lâmpada
                                                                        Façamos conhecer e amar Maria
 
Esta oração tão simples é muito querida pelos Dominicanos!

Pode parecer estranho que uma oração tão simples como o Rosário, seja particularmente associada aos Dominicanos. Raramente os Dominicanos são qualificados como pessoas simples. Temos a reputação de escrever obras de teologia longas e complexas. Entretanto, nós temos lutado para conservar o Rosário. Ele é a nossa santa herança. (...)
Mas por que motivo, esta oração tão simples é tão apreciada pelos Dominicanos? Talvez, porque, no cerne da nossa tradição teológica, resida uma aspiração à simplicidade. São Tomás de Aquino dizia que nós não podemos compreender Deus, porque Deus é perfeitamente simples. (...)
Existe uma falsa simplicidade, da qual devemos nos liberar. Trata-se da simplificação daqueles que sempre encontram respostas fáceis para tudo, e que sabem de tudo de antemão. Essas pessoas são, ou muito preguiçosas ou incapazes de pensar. E existe a verdadeira simplicidade, a simplicidade do coração, a da visão clara. E nós não podemos atingi-la a não ser bem lentamente, com a graça de Deus, aproximando-nos da ofuscante simplicidade de Deus.
O Rosário é, na verdade, bem simples. Porém, de uma simplicidade sábia e profunda à qual nós aspiramos e, na qual encontraremos a paz.

Frei Timothy Radcliffe, o.p.
Prier le Rosaire (Rezar o Rosário), Conferência dada em Lourdes, em outubro de 1998

E também em:
Le Rosaire, origine et diffusion

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

15 de janeiro ─ Bélgica : 1ª aparição de Nossa Senhora dos Pobres, em Banneux (1933)

                                                      Façamos conhecer e amar Maria

Em 1933, a Bélgica foi duplamente visitada por Maria

A Bélgica, terra cristã, desde os primeiros séculos, possui numerosos santuários dedicados a Maria. Entre os mais conhecidos, dois, se caracterizam, hoje, como brilhantes, famosos e de renome internacional, por terem sido favorecidos no mesmo ano de 1933, seis anos antes da Segunda Guerra Mundial, por aparições da Virgem Maria:
Santuário de Nossa Senhora de Beauraing, perto de Dinant, onde, em 1932-33 Maria apareceu, vestida de branco e coroada com um diadema da realeza, tendo um Coração de ouro sobre o peito; ela se fez conhecer como a Mãe de Deus e Rainha dos Céus. A aparição foi reconhecida oficialmente, em 1949;
Santuário de Nossa Senhora de Banneux, onde Maria se apresenta como “Nossa Senhora dos Pobres”: este memorável lugar de oração à Santíssima Virgem, onde se apresentam mais de 600.000 peregrinos a cada ano, é um dos mais importantes do país. As aparições de Banneux são oficialmente reconhecidas pela Igreja.
Na Bélgica existem, igualmente, outros lugares de peregrinações marianas, destacando o de Nossa Senhora de Hal, e o de Nossa Senhora de Montaigu, também muito frequentados. De um modo geral, estes santuários marianos tiveram um aumento de visitantes a partir do século XX.

Equipe de Marie de Nazareth

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

16 de janeiro ─ França, Paris: Coração Imaculado de Maria, Refúgio dos pecadores

                                                                             Façamos conhecer e amar Maria
 
Uma aparição da Virgem Maria, ainda em vida, ao Apóstolo Tiago Maior, em 40 dC

A Santíssima Virgem apareceu ao apóstolo Tiago (Maior), irmão de São João, em Zaragoza, no nordeste da Espanha, anos 40 DC, quando o missionário estava desanimado e em profunda oração. Esta aparição é conhecida como Nossa Senhora do Pilar.
Nos primeiros dias da era cristã, Tiago partiu para evangelizar na província romana de Hispânia, a futura Espanha. Documentos históricos do Vaticano indicam que a bilocação aconteceu na noite de 2 de janeiro do ano 40. Nesse dia, num período de forte desalento, devido a grandes obstáculos, Tiago em oração, às margens do rio Ebro, perguntava a Deus se mesmo com todos os problemas, ele deveria continuar ali, se valeria a pena o seu trabalho na Espanha.
Naquele momento, a Virgem surgiu em uma aparição gloriosa, em cima de um pilar, envolta em luz, com anjos ao redor dela, com palavras que o animaram, assegurando-lhe que seu apostolado seria frutuoso. E entregou-lhe uma imagem sua, de madeira, com o Menino Jesus nos braços, sobre uma coluna de jaspe, instruindo-o a construir uma igreja naquele local, a primeira que seria dedicada à Virgem Maria, e que seria nomeada Nossa Senhora do Pilar, simbolizando a intercessão de Maria como um dos pilares do cristianismo. Curioso é que, naquela época, a Virgem vivia em Jerusalém e estava em dois lugares ao mesmo tempo, o que chamamos de bilocação.
Tiago fez com que fosse construída a capela, no lugar solicitado pela Virgem Maria, hoje Basílica conhecida como Nossa Senhora do Pilar, situada exatamente onde a Virgem apareceu, há mais de 2000 anos.

fotosmilagrosasbrasil
Marie de Nazareth
E também em:
L’apparition de Notre Dame du Pilar (Anne Catherine Emmerich)

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.


18 de janeiro ─ França : Nossa Senhora de Dijon

                                                                        Façamos conhecer e amar Maria

A Virgem pede que amemos o “seu Coração Imaculado”

No dia 18 de janeiro de 1840, a “Virgem apareceu” a Justine Bisqueyburu (1817- 1903), originária de Mauléon, nos Pirineus (França). À época, ela era postulante nas Filles de la Charité de Saint-Vincent-de Paul (Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo), do convento de Blangy sur Bresle, perto de Versailles (França). Na aparição, Nossa Senhora pediu-lhe que amasse o “seu Coração Imaculado”.
No dia 8 de fevereiro, a Virgem lhe apareceu novamente, entregando-lhe um “escapulário verde”, um sacramental católico, associado às Irmãs de São Vivente de Paulo. Este não deve ser confundido com o escapulário do Coração Imaculado de Maria, associado aos filhos do Coração Imaculado de Maria.
As aparições se sucederam: 15 de agosto e 13 de setembro de 1841, em Versailles; 13 de maio de 1842 e 8 de setembro de 1846, também em Versailles. Em 1855, Irmã Justine foi a Constantinopla para cuidar dos feridos da guerra da Crimeia, e depois seguiu para a Argélia, onde permaneceu, de 1858 a 1867, como superiora do hospital militar de Dey.
Escapulário Verde, pela conversão dos outros! O Escapulário Verde é mais um inefável sinal da misericórdia do Coração de Nosso Senhor, por meio de Sua Mãe Santíssima, para a salvação das almas ingratas que d’Ele se afastam e rejeitam a graça santificante, pondo-se em risco de se perderem definitivamente de Deus.
O Papa Pio IX aprovou o escapulário verde, em 1870.

Fontes : B. D. Attwater, A Dictionary of Mary, New York, P.J. Kennedy and Sons, 1956 ; « Bisqueyburu, Justine », Marienlexikon, t. I, 1988, 496 ; Däniken, 305 ; Ernst, 1989, 97 ; Gamba, 1999, 389-390 ; Hierzenberger, 1993, 193-194 ; M. E. Mott, The Green Scapular, Emmitsburg, Saint Joseph College, 1942 ; D. Sharkey, The Woman Shall Conquer, Libertyville, Franciscan Marytown Press, 1976 ; Turi, 389. P.S.
E também em:
O escapulário verde

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

 

19 de janeiro ─ França, Toulouse: Nossa Senhora de Gimont

                                                                              Façamos conhecer e amar Maria
 
Jesus e Maria, peregrinos para preparar a JMJ do Panamá, em 2019

A Cruz peregrina, assim como o ícone de Maria Salus Populi Romani, dois símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), foram diferidos no sábado, 11 de novembro de 2017, às autoridades eclesiásticas do Haiti. “a Cruz das JMJ nos chega, hoje, num momento em que a juventude encontra-se em plena inquietação e desordem, diante de um futuro no qual não se vê saída”, lembrou o prelado.
“A Cruz peregrina é o sinal da vitória de Cristo sobre tudo o que nos impede de viver na dignidade de filhos de Deus: ou seja, o pecado, a miséria, a morte” - pregou o cardeal haitiano, Chibly Langlois, que convidou os jovens a fixar o olhar em Jesus, através desta Cruz, e a olhar a Virgem Maria que está no cerne, no coração das JMJ.
O Ícone de Maria Salus Populi Romani, escolhido pelo Papa João Paulo II - instigador das JMJ, em 2003, é o sinal da presença materna de Maria ao lado dos jovens, chamados, assim como o Apóstolo João, a acolhê-la em suas vidas.
A Cruz peregrina, e o ícone de Maria Salus Populi Romani, símbolos das JMJ, visitaram as dioceses do Haiti, durante o mês de novembro, antes de retornarem à República Dominicana, no dia 25 de novembro de 2017.
Esta peregrinação tinha como objetivo, estimular e encorajar os jovens da região, sobretudo os do Haiti, a participarem aos JMJ do Panamá que acontecerá de 22 a 27 de janeiro de 2019.

News

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, e seja conosco, Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, e nossa, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.
Amém.

 
     
     

 O Terço (Rosário) dos Homens não exige nada e não cobra nada da vida pessoal dos seus participantes, o que faz com que seus membros se sintam livres, e a liberdade dá ao homem o poder de ser aquilo que ele deseja ser, daí as transformações se sucederem de modo espontâneo causado pelo contato que os mesmos passam a ter com Deus por intercessão de Maria.